Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 8 de agosto de 2010

A mão que compra o berço

Tinha 16 anos quando minha namorada engravidou. Na época nem passou pela nossa cabeça fazer um aborto. Muito menos nos casar.

A mãe dela era mãe solteira então nem teve complicação lá na família dela.
Meus pais, muito religiosos que são, ficaram me enchendo o saco, mas no fim acabaram aceitando.
O meninão nasceu dia 23/01/2005.





Não! Eu não sou pai! Mas sim, essa história já foi contada como real.
Quando eu cursava Física na UFV eu respondia aos que me perguntavam quem era o garotinho nas fotos do meu celular essa pequena mentira.
Inclusive muitos ainda acham que o meu primo realmente é sangue do meu sangue.
Mas também não é pra menos. Pedro é meu xodó.
Me acorda sempre que estou em casa pulando em cima de mim. Fica cantando Mamonas Assassinas enquanto estou vendo televisão,e fala muita, mas muita coisa mesmo sem nexo.
Tenho um vídeo em que ele me conta seu maior desejo: Virar sapo! (resumindo, estávamos numa festa de casamento e ele queria entrar dentro da piscina. Eu briguei com ele e falei que como ele não sabia nadar ele morreria afogado se entrasse. Ai ele soltou a pérola, pois sabia que os sapos nadam bem [ só não me perguntem porque ele não falou que queria virar peixe]).

Um dia aqui em casa, enquanto tomávamos café, ele me pediu uma banana pra comer. Eu fui lá e dei. Minha irmã comia alguma coisa com maionese. Ele olhou e me perguntou o que era aquilo que ela passava na coisa ( não me lembro mesmo o que era). Quando respondi do que se tratava ele falou que ia comer com banana. - Pedro, é ruim! Você não vai gostar de comer banana com maionese não. Deve fazer mal pra sua barriga até!- falei calmamente com ele.
Ele me olhou com desdém. E repetiu: -Quero banana com maionese!
Eu tenho um técnica muito boa com criança: Deixar ela quebrar a cara pra aprender.
Peguei a banana e passei maionese e dei na mão dele, com a certeza absoluta que ele ia jogar fora.
O moleque comeu, e vendo que eu esperava a reação dele pra implicar, me solta a seguinte frase, com a maior cara lavada:- Hummmm! Que delícia! De hoje em diante só como banana com maionese!
E olhem que nessa época ele tinha apenas 2 anos.
É meu cabeção predileto!





Ah! Lembrei de uma coisa!
Esse post é uma homenagem ao Dia dos Pais!
Valeu Papai! Valeu Cabeção!
Faz o urro?

Um comentário:

andre disse...

eu comprei um produto desse site www.mercadozets.com.br e gostei muito entrega rapida com nota fiscal e garantia

TEM DE TUDO CELULAR BERÇO LIQUIDIFICADOR NOTEBOOK E VENDE DE TUDO PARA BEBES
BATETEIRAS E ETC
Produtos originais e com garantia

tem mais de 2000 produtos

www.mercadozets.com.br